O português Fernando José de La Vieter Ribeiro Nobre não tem medo da “patrulha” globalista: “Porque nós, os cidadãos deste mundo, não o vão nunca permitir… É inamovível. Eu não permitirei nunca, enquanto tiver forças, que certos excessos se façam na nossa humanidade. Eu não sou o único, nós somos muitos espalhados por este planeta afora. Na altura certa, saberemos fazer mostrar que não permitiremos nunca que tal se faça. A bom entendedor meia palavra basta. Quem está a ouvir que entenda o que eu acabei de dizer”.

Dr. Fernando Ribeiro Nobre, presidente da Assistência Médica Internacional (AMI), com sede em Portugal, é professor de medicina, e bastante reconhecido na Europa.

Numa entrevista honesta, direta e sem censuras do “politicamente correto”, Nobre disse o que anda literalmente engasgado na garganta de muitos profissionais mundo afora, sobre a pandemia que não sai da imprensa propositadamente 24 horas X 7 dias, família, liberdade, ameaça à democracia na Europa e muito mais.

“Não é normal que toda a comunicação social durante nove meses só fale disto. Não é normal que o tema único de conversa seja o vírus Sars-Cov2! Não é normal que a única doença que nos preocupa é a Covid-19”, desabafa ele.

Em outro trecho da entrevista, afronta a realidade de que “este descalabro econômico foi provocado pelas medidas tomadas [lockdowns] globalmente neste planeta”. Igualmente, aponta que se tivéssemos feito isso [lockdown] com outras epidemias ou variantes de gripe que ocorrem cotidianamente, “a humanidade já tinha terminado”.

“Precisamos voltar a ser, no mínimo, racionais”, pondera.

Sobre a Europa, não titubeou em relatar sua extrema preocupação com os riscos iminentes da perda da democracia no continente.

“Temos o direito a nos defender caso entendamos que os nossos direitos, liberdades e garantias estejam a ser postos em causa”.

“Nós não somos robotizáveis… não somos lixo. Não é possível o que certas entidades pensam que podem fazer, mas não vão conseguir!”

Disse ainda muito mais. Assista aos nove minutos dos principais trechos de sua notável contribuição:

A entrevista (completa, com mais de 1 hora de duração) foi realizada em novembro.

Leia também:

OMS – “cientificamente” paranormal

“Temos que nos preparar para algo pior” que a Covid-19, diz OMS

Em discurso leviano, ONU pede aos países membros que declarem ‘lockdown’ climático

A implementação de uma ditadura global com a ONU

Papa cria Conselho de Guardiões e quer transformar o capitalismo em “instrumento para o bem-estar humano”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s