O presidente Jair Bolsonaro pediu a sua equipe ministerial que não receba em audiências o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming (na foto, ao lado de João Doria).

Essa decisão acirra ainda mais a relação do Brasil com a China que recentemente acusou o Brasil de ser o seio do vírus chinês.

A China vem ameaçando o Brasil por meio de posts públicos no Twitter, desde março, com a intenção de coibir a liberdade de expressão de cidadãos e parlamentares no país, como também controlar políticos e relações comerciais.

Fonte: Marisa News/O Globo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s