Ilhan Omar à esquerda, e Rashida Tlaib. Democratas coadunam e simpatizam com crimes, terrorismo, Nova Ordem Mundial, Great Reset e afins. Crédito: Rebecca Cook/Reuters

Representantes democratas se juntaram a um grupo anti-semita ligado à associação terrorista Hamas, na conferência anual de Muçulmanos Americanos pela Palestina [American Muslims for Palestine, AMP], realizada no último fim de semana.

As representantes democratas Ilhan Omar, Rashida Tlaib e Betty McCollum não apenas testemunharam o evento, mas também lideraram uma conferência dirigida por um dos grupos de defesa anti-Israel mais prolíficos do país. Em suma, as deputadas deram seu apoio a uma organização que defende o boicote ao Estado de Israel e se associam a pessoas ligadas ao terrorismo, segundo o Washington Free Beacon.

As legisladoras comunosocialistas dividiram o palco ao lado de palestrantes como Tarek Hamoud, diretor-executivo do Centro para o Retorno de Palestinos [Palestinian Return Centre, PRT], acusado de ligações ao Hamas. E outros palestrantes como Huwaida Arraf, um promotor e advogado do BDS [Boicote, Desinvestimento e Sanções – campanha global de boicote ao Estado de Israel] que representou um terrorista palestino.

A conferência durou três dias e os oradores, em constante defesa pró-palestina, dialogaram e planejaram sobre os esforços para pressionar o governo dos EUA a tomar uma posição mais dura contra Israel.

Omar e Tlaib anunciaram que estão trabalhando na incorporação de defensores pró-palestinos em uma possível nova administração democrática, caso a justiça decida a favor da fraude eleitoral.

Congressista Betty McCollum, que, entre outras peripécias no currículo, acusa Israel de ser um estado de “apartheid”. Crédito: Betty McCollum/SenSentinel

Legisladores, membros da “Quadrilha Democrata”, também participaram do mesmo evento no ano passado, onde igualmente predominaram os ataques contra Israel e a reivindicação do povo palestino com forte viés anti-semita.

Governo Trump – a última barreira diante do caos

Do lado oposto dos representantes democratas está o governo Trump, que este ano não apenas manteve suas relações protocolares com o estado de Israel, mas também promoveu importantes acordos de paz entre Israel e os Emirados Árabes Unidos, Sudão e Bahrein. O que significou um enorme avanço para a paz no Oriente Médio.

“Hoje, as nações da região e do mundo estão se unindo em sua determinação de construir um futuro melhor”, foram as palavras do presidente Trump em uma entrevista coletiva antes de assinar os tratados de paz junto com seus homólogos de Israel, Bahrein e Emirados Árabes. Em 13 de agosto, o presidente Trump disse sobre os Acordos de Paz: “Depois de 49 anos, Israel e os Emirados Árabes Unidos normalizaram completamente suas relações diplomáticas. Eles trocarão embaixadas e embaixadores e iniciarão a cooperação em todos os setores e em uma ampla gama de áreas, incluindo turismo, educação, saúde, comércio e segurança”, como testemunhado e reproduzido por vários meios de comunicação, como a ABC News.

Os acordos também incluíram questões-chave de desenvolvimento, como educação, saúde, comércio e segurança. Este é apenas o começo das relações normalizadas entre Israel e seus vizinhos, e muito mais provavelmente acontecerão sob o intermédio de Trump.

De acordo com o comunicado da Casa Branca, o presidente Trump expressou forte repúdio às abordagens de política internacional desenvolvidas pelos Estados Unidos nos anos anteriores, que só serviram para alimentar a divisão, nada fazendo para prevenir o conflito no Oriente Médio.

Em vez disso, graças às novas políticas que estão sendo implementadas, as nações do Oriente Médio e da África estão cada vez mais trabalhando juntas com o objetivo de construir um futuro mais pacífico e próspero. A normalização das relações, ao permitir a ampliação dos laços comerciais e financeiros, deve acelerar o crescimento e as oportunidades econômicas em toda a região.

Fonte: Andrés Vacca/BLes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s