Toledano, que é pastor em outra igreja, gravou cenas de máquinas e agentes comunistas se preparando para derrubar templo. Historicamente, o comunosocialismo é cristofóbico e proíbe veementemente as manifestações e crenças religiosas, com punições que vão desde a prisão até o morticínio de cristãos. Para os comunistas, “deus” é o partido e seu líder. Crédito: Alain Toledano/Facebook

Autoridades da cidade de Santiago de Cuba demoliram uma igreja que há muito tempo era alvo do regime comunista e prenderam um pastor que transmitiu a demolição ao vivo nas redes sociais.

O grupo de direitos humanos CSW relatou que a Igreja Assembleia de Deus está sob ameaça do regime comunista desde 2015. O grupo disse que as autoridades cubanas afirmam que a demolição foi para a construção de trilhos de trem no local, mas fontes disseram que a igreja era o único edifício no bairro que foi destruído.

Alain Toledano, que mora no mesmo bairro e é pastor de outra igreja, gravou a demolição e a transmitiu ao vivo no Facebook. O vídeo mostrou caminhões, escavadeiras, tratores, carros de patrulha e dezenas de agentes da Segurança do Estado cubano cercando o prédio, enquanto membros da igreja cantavam ao fundo.

Toledano também pediu aos telespectadores que compartilhassem o vídeo, dizendo: “Eles temem mais a informação do que as armas. Compartilhe este vídeo, este não é um vídeo de nenhum programa, é um vídeo do ataque do Estado cubano contra a igreja, é um ataque da Segurança do Estado contra o povo de Deus”.

E continuou: “Que o mundo descubra o que está acontecendo aqui, a verdadeira face deste sistema político, a verdadeira face do sistema comunista”.

A CSW relata que o pastor Toledano foi levado pela polícia cubana à Delegacia de Polícia Motorizada e está sendo mantido incomunicável. O CEO da CSW, Scot Bower, disse em um comunicado: “Condenamos veementemente a demolição da Igreja da Assembleia de Deus e o despejo dos membros da igreja. Esta igreja está na mira do governo cubano desde 2015 e sua destruição arbitrária é uma violação grave da liberdade de religião ou crença. As ações do pastor Alain Toledano esta manhã demonstraram solidariedade interdenominacional e elogiamos sua coragem em testemunhar os ataques do governo ao reverendo Fausto Polemo e aos membros de sua igreja. Apelamos às autoridades cubanas para que libertem imediatamente o pastor Toledano e cessem seu direcionamento a ele e sua família”.

Fonte: Thaís Garcia/Conexão Política/CSW

Assista ao vídeo:

Leia também:

Apelo urgente em defesa da Civilização Cristã

Capela foi vandalizada e destruída na Bahia

Brasileira foi uma das vítimas fatais do atentado terrorista à basílica de Nice, na França

Terror, Cristofobia e vandalismo total: Chile sem controle

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s